De Certeza

 

Se calhar é por me sentir cercado por essas certezas todas.

Os absolutos assustam-me, particularmente os que são sobre mim. Provocam-me uma urticária defensiva, dão-me um pânico incontrolável, uma compulsão para fugir combinada com um outro pânico de não querer, não poder, mostrar que quero fugir. A sensação é-me tão desconfortável que me basta apenas pensar nisso para me apetecer enfiar a cabeça na areia e nunca mais a tirar de lá.

Imagino que existam as incertezas exactamente certas mas não tenho a certeza.

Talvez.

 

 

• • •